Vivo, Claro e TIM são as piores empresas no ranking do Procon

As operadoras de telefonia aparecem no topo do ranking de reclamações registradas por consumidores no Procon do Estado de São Paulo ao longo de 2019. As empresas Vivo, Claro/NET e TIM “conquistaram” a primeira, segunda e terceira colocações do balanço finalizado em 6 de janeiro de 2020. Durante o período, as três companhias telefônicas somam mais de 80 mil casos de atendimento.

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, a maioria dos problemas relatados está relacionada a cobranças indevidas ou abusivas. Porém, também há situações que incluem serviços não fornecidos, dúvidas sobre reajustes e problemas com a rescisão de contrato.

A Oi aparece somente na 13ª posição, atrás de diversas empresas do varejo, enquanto a Nextel surge na 23ª colocação. Nestes dois casos, assim como nas anteriores, a cobrança indevida domina a maioria das reclamações.

O Procon-SP aproveitou para fazer um balanço das ações de 2019 e destacou o número de 2,4 milhões de telefones cadastrados na iniciativa Não Me Perturbe. A plataforma promete evitar que o consumidor receba ligações de telemarketing indesejadas. Recentemente o serviço foi expandido e passou a permitir o bloqueio de telefonemas de bancos.

O que dizem os citados

Confira a íntegra da nota enviada pela Vivo:

“A Vivo trabalha constantemente nas transformações de processos, produtos e sistemas para reduzir as dúvidas e contatos de seus clientes nos Órgãos de Defesa do Consumidor.

Como parte do trabalho em oferecer a melhorar experiência e estreitar o relacionamento com cada cliente, a empresa criou um programa interno que permeia e estimula todas as suas áreas a disseminar a cultura dos pilares: confiável, fácil, eficiente e encantadora em todas as jornadas de relacionamento de seus canais, produtos e serviços. São ações concretas para aprimorar a qualidade percebida e criar a melhor oferta com base nas expectativas e necessidades dos clientes.

A Vivo reitera que seu compromisso é avançar mais e entregar a melhor experiência sempre, não somente no setor em que atua, mas também como referência para o mercado e clientes, reduzindo consequentemente dúvidas e reclamações em todos os canais de relacionamento que a companhia disponibiliza.”

Saiba também o posicionamento da TIM:

“A TIM informa que tem a satisfação dos clientes como prioridade estratégica e trabalha constantemente para reduzir o número de reclamações recebidas no Procon-SP e aprimorar ainda mais a qualidade dos serviços e do atendimento prestado. A operadora segue investindo nos seus canais de relacionamento – call center, autoatendimento via app, USSD (*144#), redes sociais, site, dentre outros – com foco na melhoria contínua da experiência do cliente.”

A Claro/NET não se manifestou até a conclusão do texto.

Veja também