Usuários reclamam de demora no atendimento e calor na OCA, em Rio Branco

Usuários relatam que chegaram a esperar até duas horas para serem atendidos. Direção afirmou que demanda por renovação de passe aumentou e houve problemas em sistema de climatização.

Pessoas que buscaram atendimento na Central de Serviço Público (OCA), em Rio Branco, nesta segunda-feira (8) reclamaram da demora de até duas horas para serem atendidas e também do calor no local devido a problemas no sistema de climatização. A maior parte dos usuários buscava pelo serviço de renovação de passe escolar que é realizado nos guichês do Sindicato de Empresas de Transporte Coletivo do Acre (Sindcol).

Ao G1, Anderson Cogo, gerente da OCA na capital acreana, destacou que houve um aumento na demanda de atendimento no Sindcol devido ao início das aulas e renovação em “massa” de cartões de passe. Segundo ele, a alta demanda ocorre há algumas semanas e destaca que somente as renovações para estudantes do ensino fundamental e médio já somam 30 mil.

Porém, segundo ele, o número de pessoas que buscam o serviço permanece alto devido a renovação de passe para alunos de universidades e ao menos 1,5 mil pessoas procuram o Sindcol por dia. Em toda a central, o atendimento chega a 11 mil pessoas diariamente, sendo que o Sindcol concentra 15% de toda essa demanda, afirma a administração.

“Para minimizar o tempo de espera trabalhamos junto do Sindcol no sentido de melhorar os fluxos de serviços, aumentamos a capacidade operacional este ano e hoje o Sindcol é uma das instituições que mais ocupa vagas e posições de atendimento na central. Porém, pela quantia de demanda em alguns momentos, principalmente pela parte da manhã, há uma elevação no tempo de espera”, lamenta.


Quanto ao calor, o gerente diz que o órgão teve problemas de climatização. Ele explica que o sistema da OCA trabalha com 12 casas de máquinas e qualquer complicação em uma delas acaba gerando uma reação em cadeia.

“Tivemos problemas em três casas de máquinas. Já temos tentado verificar para conserto, mas não é algo que podemos resolver de imediato. Para isso, buscamos algumas medidas paliativas e posicionamos climatizadores para tentar amenizar um pouco essa sensação climática da população”, diz.

‘Falta de respeito’, diz usuário sobre demora

Alexandre Lima conta que procurou a OCA por volta de 14h desta segunda (8) para renovar o passe escolar do filho. Porém, às 15h30 ele ainda não havia sido atendido. Segundo ele, ninguém da direção informou o tempo mínimo de espera ou explicou o motivo de tanto calor.

“Quando cheguei tinha 180 pessoas na minha frente. Eu tinha outros compromissos, infelizmente não pude resolver nada e precisei deixar para outro dia. Isso é uma falta de respeito com o trabalhador, pois precisamos resolver a situação e temos de esperar ou vamos pagar a passagem mais cara”, reclama.


Em busca do primeiro cartão de passe para a filha estudante, a autônoma Sebastiana Melo, de 36 anos, conta que também chegou a OCA às 14h e perdeu vários compromissos devido a demora. A usuária lamentou a situação e destacou que a central deveria agilizar o serviço público oferecido à população.

“Não avisaram nada, deram a senha e pediram para a gente aguardar. Nem o visor está funcionando, estão nos chamando pelo microfone e muitas vezes o som é ruim e não conseguimos entender. A gente se sente negligenciado, pois não recebemos nenhuma informação. Estou com minha filha de sete anos me acompanhando, ela está cansada e com calor, mas não tenho o que fazer”, lamenta.

Do G1 Acre

Veja também