Sem crimes graves, número de ocorrências no interior durante o Carnaval sobe 40%

Em 2020, o número de ocorrências policiais no interior do Acre durante o Carnaval subiu 40% em relação ao ano passado. As informações são da Polícia Militar. Enquanto que em 2019 foram registrados 119 casos, neste ano o quantitativo aumentou para 166.

Porém, em 2020 a folia seguiu a tendência do ano anterior e não registrou ocorrências de natureza grave. Nenhuma das 21 cidades do interior teve homicídios e estupros ou tentativas pelo segundo Carnaval consecutivo.

A maioria das ocorrências foi de delitos menos graves. Ameaças, por exemplo, contabilizaram seis casos. Já roubos e furtos somaram nove. Três lesões corporais foram registradas e três armas brancas apreendidas. Não houve apreensão de arma de fogo ilegal.

Apenas quatro mulheres foram presas nos municípios do interior, metade do quantitativo de 2019. Já o número de homens presos disparou 75% (51 no ano passado contra 89 em 2020) e ajudou a inflar os dados totais. Dezessete adolescentes foram apreendidos nos últimos cinco dias.

Entre as cidades que não tiveram ocorrências estão Capixaba, Epitaciolândia, Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo, Tarauacá, Jordão, Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus.

Apesar do aumento de 40% no número de casos, a polícia considerou seguro o período carnavalesco no Acre. Em Rio Branco, que teve várias festas públicas nos bairros, foi ainda mais tranquilo, com apenas 11 ocorrências.

Fonte: ContilNet

 

Veja também