Gladson vai decidir pela exoneração de Coronel acusado de chamar servidores de “vagabundos”

O governador Gladson Cameli é quem vai decidir pela exoneração ou não do coronel Jorge Fernando Rezende, subsecretário de saúde, acusado pelo sindicato dos trabalhadores em saúde (Sintesac) de ter faltado com respeito com a classe durante confusão no primeiro dia de greve, segunda-feira (10) na sede da Secretaria de Estado de Saúde.

Durante coletiva na noite de ontem (11) o sindicalista Jebson Medeiros afirmou que a exoneração do coronel é uma das exigências do movimento após o mesmo, segundo Jebson, ter chamado os servidores da saúde de “vagabundo”. Ainda de acordoo o sindicato, o Palácio Rio Branco deverá emitir outra nota, pedindo desculpas à categoria.

“A exoneração do coronel é uma decisão do governador e ela será tomada dia 19 quando voltamos a sentar à mesa. O diálogo foi reestabelecido” disse Jebson.

Fonte: Ac 24 horas

Veja também