Gladson desconfia de irregularidades na folha de pagamento da saúde e fortalece denúncia de esquema de plantões extras

Em entrevista a um site local, o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), voltou a levantar suspeitas de irregularidades na área da saúde. Depois de reiteradas declarações da existência de um cartel operando dentro da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), o governador levantou suspeitas de irregularidades na folha de pagamento do funcionalismo e citou o caso da Sesacre que gasta R$ 30 milhões somente com pagamento de servidores.

Ao jornalista Tião Maia, da ContilNet, Gladson afirmou que suspeitou de irregularidades na saúde ao constatar que todo mês a folha de pagamento é de R$ 30 milhões. Ele disse que suspeita que tem gente ganhando sem fazer nada.

“Nessa folha de pagamento tem um furo, com toda certeza. Estou desconfiado de tudo isso”, declarou.

A declaração de Gladson bate com a informação repassada em off por um médico, que não será indentifcado, que há dentro da Sesacre um esquema de pagamentos de plantões extras que não são efetivamente cumpridos, em uma espécie de conluio com a direção das unidades.

Fonte: Folha do Acre

Veja também