Delator afirma que Jorge Viana, o “Menino da Floresta”, recebeu R$ 300 mil em hotel de São Paulo

Com informações Do Folha do Acre
17 de abril de 2017
87

O ex-diretor do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrech, Hilberto Mascarenhas, afirmou em depoimento de delação premiada que o senador acreano Jorge Viana (PT) recebeu R$ 300 mil de caixa 2 durante a campanha eleitoral de 2014.

O delator afirmou que o encontro para combinar o sistema de entrega da propina aconteceu em um hotel na capital Paulista e a transação teria ocorrido a pedido do próprio dono da empresa, Emílio Odebrech.

O ex-diretor confirmou que o apelido de Jorge Viana nas planilhas da Odebrech era “menino da floresta” e contou detalhes do pagamento.

“Inclusive, esse acordo dizia que era para pagar em São Paulo. Então, eu fui muito mais para dizer a ele que o acordo estava autorizado, seria cumprido, e que a pessoa responsável por cumpri-lo era Fernando Migliacco que eu levei comigo na reunião. Lá mesmo, eu combinava a forma e a data, Depois foi operacionalizado o pagamento”, diz.

Do Folha do Acre

 


Comentários
O Portal VejaPolitica.Net informa aos seus leitores que não se responsabiliza pelas consequências jurídicas sobre as opiniões divulgadas nos campos de comentários, e que as postagens de conteúdo ofensivos serão excluídos da página.