Vigilante e lutador de artes marciais é encontrado morto com um tiro na cabeça

O diretor do Sindicato dos Vigilantes do Acre e instrutor de kickboxing, Francivaldo Silva, foi encontrado morto com um tiro na cabeça na casa de sua ex-esposa, no Panorama, em Rio Branco, nesta terça-feira (20).

A linha de investigação da polícia é que ele tenha cometido suicídio. A arma usada para o disparo foi a mesma que ele usava em serviço.

Testemunhas disseram que Silva discutiu com a mãe do seu filho antes de ser encontrado morto.

Com informações do site Folha do Acre

Veja também