Policia prende suspeitos de executar jovem na frente da esposa e do filho no Calafate

Policiais Militares do 4° Batalhão prenderam na noite desta sexta-feira (28) Erivelton Gonçalves de Paula, 26 anos e apreenderam os adolescentes L.S.S, de 17 anos e J.W.A.M de 16 anos. Eles são os suspeitos de terem executado o jovem José Wilker da Silva Dutra, vulgo Coelho, morto com 3 tiros dentro de sua casa, na frente da esposa e do filho, na rua Nossa Senhora de Fátima no bairro Novo Calafate, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, após colher as características dos supostos homicidas a guarnição policial fez diversas rondas pela região e ao chegar na rua Papagaio, no Conjunto Wilson Ribeiro, avistaram os dois adolescentes andando na rua, foi feito uma abordagem e os policiais perceberam que os criminosos estavam com as mesmas características citada pela testemunha que presenciou o crime. Os menores confessaram serem os autores do homicídio e informaram que o terceiro envolvido estaria em uma casa no Polo Geraldo Mesquita e que uma das armas usadas no crime estava no local.

Policiais Militares do 4° Batalhão prenderam na noite desta sexta-feira (28) Erivelton Gonçalves de Paula, 26 anos e apreenderam os adolescentes L.S.S, de 17 anos e J.W.A.M de 16 anos. Eles são os suspeitos de terem executado o jovem José Wilker da Silva Dutra, vulgo Coelho, morto com 3 tiros dentro de sua casa, na frente da esposa e do filho, na rua Nossa Senhora de Fátima no bairro Novo Calafate, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, após colher as características dos supostos homicidas a guarnição policial fez diversas rondas pela região e ao chegar na rua Papagaio, no Conjunto Wilson Ribeiro, avistaram os dois adolescentes andando na rua, foi feito uma abordagem e os policiais perceberam que os criminosos estavam com as mesmas características citada pela testemunha que presenciou o crime. Os menores confessaram serem os autores do homicídio e informaram que o terceiro envolvido estaria em uma casa no Polo Geraldo Mesquita e que uma das armas usadas no crime estava no local.

A guarnição se deslocou até a região, deu voz de prisão a Erivelton Gonçalves e apreendeu um rifle calibre 22 automático com quatro munições. O trio afirmou a Polícia Militar que seriam membros da organização criminosa Comando Vermelho e os outros suspeitos envolvido na morte de José Wilker seria um homem identificado por Gustavo, vulgo “Cobra Cega” e o vulgo “Caboquinho” moradores do conjunto Wilson Ribeiro.

O preso e dois adolescentes foram conduzidos à Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) para os devidos procedimentos.

Fonte: Ac 24 horas

 

Veja também