PM supostamente embriagado atropela sargento que vai parar no PS e é diagnosticado com morte cerebral

Uma colisão entre um carro e uma motocicleta deixou o sargento da Polícia Militar, Cláudio da Costa, gravemente ferido na noite deste sábado (30) na rua Minas Gerais, no bairro Preventório, em Rio Branco. O caso vinha sendo mantido no mais absoluto sigilo

De acordo informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, o condutor do veículo Fiat Siena de cor preta, identificado como o sargento da PM Cassirian Gadelha, tinha saído do Clube dos Oficiais e ao trafegar pela rua Goiás invadiu a preferencial na rua Minas Gerais e colidiu de frente com a motocicleta do sargento Cláudio que trafegava no sentido centro-bairro.

Com o impacto o Cláudio foi arremessado e bateu com a cabeça na pista. Segundo a Polícia, o sargento havia acabado de sair do serviço com destino a sua residência.

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e conduziu o Sargento ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo. Na noite deste domingo, 1, o procedimento para diagnosticar morte cerebral foi iniciado após o paciente apresentar pouca reação cerebral. Nas próximas horas, os aparelhos devem ser desligados.

A reportagem do ac24horas teve acesso ao Boletim de Ocorrência e o no documento consta que Sargento Cassirian Gadelha se negou a fazer o teste do etilômetro (Bafômetro) e apresentava sinais de embriaguez, como sonolência, olhos avermelhados e odor de álcool.

Fonte: Ac 24 horas

Veja também