Pai e filho que vendiam ‘kit covid’ subtraíram mais de 16 mil medicamentos no AC, diz polícia

Prejuízo aos cofres públicos do município com o desvio desses medicamento é de quase R$ 5.300

A Polícia Civil finalizou a analise de 80 prontuários enviados pela Secretária Municipal de Saúde. Por meio destes documentos, o delegado Pedro Resende descobriu que Antônio José da Silva e Rafael José Pereira da Silva, pai e filho presos na semana passada, adquiriram de forma criminosa 16 mil itens de medicamentos.

A maioria remédios destinada ao combate do novo coronavírus. “O prejuízo aos cofres públicos do município com o desvio desses medicamento é de quase R$ 5.300, 00” disse o Resende.

Nos prontuários constam à quantidade, a data, o horário e que tipo de remédio pai e filho pegaram nos postos de saúde do município. Além dos nomes das pessoas que eram usadas nos cartões do SUS.

Cada kit covid-19 era vendido ao preço de R$ 43,00. Para o delegado a quantidade de medicamentos pode ser ainda maior. A Polícia Civil ainda espera os relatórios da Secretaria Estadual de Saúde do Estado.

Antônio José da Silva e Rafael José foram presos em flagrante no ultimo dia 10. Mas no dia seguinte foram liberados durante audiência de custódia. A dupla falsifica receitas para pegar os medicamentos públicos.

VEJA TAMBÉM:

>> Extraordinário: um lindo filme para assistir com os filhos 

>> O Vendedor de Sonhos e + 4 filmes para restaurar a esperança na humanidade

>> Crítica na Parte 4 La Casa de Papel

>> Trailer de Homem de Ferro 4 deixa fãs da Marvel pirados; veja!

 

.

Veja também