Membro do CV é decapitado e execução é transmitida ao vivo por chamada de vídeo

Uma execução brutal ocorreu em Rio Branco. Um homem envolvido no mundo do crime, identificado por Gilmar Gomes de Souza Neto, de 26 anos, foragido da Justiça, foi morto ao vivo por transmissão de vídeo no aplicativo WhatsApp.

Segundo informações repassadas pela polícia, o crime teria ocorrido na última segunda-feira, 10. O local da execução foi em uma área de mata localizada do bairro Jacarandá.

O crime deverá ser investigado pela Polícia Civil de Rio Branco. Até o momento, o corpo ainda não foi encontrado.

Por respeito à família da vítima e aos leitores, o jornal Folha do Acre não reproduzirá as imagens do vídeo por se tratar de conteúdo de extrema violência.

Fonte: Folha do Acre

Veja também