Ilustrações cristãs: Cuidado com o camelo folgado!

Um sultão estava tranquilamente descansando na sua tenda no deserto, aquecendo-se do frio que faz à noite, quando algo começa a se mexer do lado de fora. A entrada da tenda estava bem fechada, mas um camelo achou uma pequena brecha, forçou um pouquinho e enfiou seu nariz para dentro da tenda.

– O que é isso? Indagou o sultão, bravo com a ousadia do camelo!

– Sultão, permita-me deixar meu nariz um pouco aqui dentro, lá fora está muito frio! Por favor, eu te imploro!

– Claro, pode aquecer seu nariz, meu nobre animal!

– Se eu pudesse também aquecer meu pescoço, seria uma grande alegria para mim! Posso, amado sultão?

– Claro! Respondeu ele. Não faz diferença, pode colocar seu pescoço também!

O camelo enfiou seu pescoço, ficou admirado com a linda tenda, olhava de um lado a outro, conferindo cada espacinho que existia na tenda e, nessa empolgação, ousou novamente pedir ao sultão:

– Haveria problema para o senhor se eu colocasse só as patas dianteiras também para dentro? Vejo que tem um espacinho aqui, não vou te atrapalhar, prometo.

– Claro! Disse o sultão, balançando os ombros positivamente e virando em sua cama para começar seu descanso.

– Sultão, vejo que da forma como estou aqui está ficando uma brecha na entrada da tenda, vai entrar vento por aqui. Você não acha melhor eu entrar totalmente na tenda e ficar bem encolhidinho para não te atrapalhar?

– Pode entrar sim! Disse o sultão. Mas logo percebeu que ele e um camelo na tenda ficaria bem apertado. Mas como já havia permitido, espremeu-se no cantinho e os dois ficaram por ali, abrigados do frio.

O camelo, então, não se sentindo confortável com o aperto, disse:

– Com todo respeito, senhor sultão, está muito apertado aqui! Acho que seria melhor o senhor ir lá para fora, já que é menor do que eu. Eu deveria ficar com toda a tenda essa noite!

Sem esperar uma resposta positiva, o camelo começou a empurrar o sultão para fora da tenda e ficou sozinho ali curtindo o calor da tenda, enquanto o sultão teve de enfrentar o frio da noite por ter permitido que um camelo folgado entrasse em sua tenda!

Essa história nos ensina uma importante lição: resista ao mal logo no começo, antes que ele, pouco a pouco, tome conta totalmente da sua vida e te expulse da presença de Deus e te lance para os caminhos “frios” da vida!

A tenda é o nosso coração. O mal começa tentando pegar só um pedacinho dele. Vamos permitindo. Logo estará com metade, com mais um pouco, e mais, até que o mal toma conta totalmente do coração e, assim, também toma conta de nossas ações, pensamentos, desejos e coloca tudo a perder!

Não permita que o mal coloque nem a “pontinha do nariz” na tenda do seu coração!

Veja também