Homem descobre corpo de bebê guardado há décadas no freezer da mãe

Um homem de 37 anos afirmou ter encontrado um corpo de um bebê no freezer da mãe dele, na cidade de St Louis, no Missouri, Estados Unidos. Adam Smith resolveu limpar o freezer de casa após a mãe dele morrer em decorrência de um câncer de pulmão. Entre os itens do freezer estava uma caixa na qual a mãe dizia ter guardado o topo do bolo de casamento dela.

Como a mãe, que sempre tinha “hábitos misteriosos”, nunca permitiu que a caixa fosse tocada por ele, o rapaz pensou que havia dinheiro guardado ali. Quando a abriu, porém, Adam encontrou o corpo de uma recém-nascida enrolado em uma manta. “Ela ainda tinha pele, cabelo e tudo mais. Estava mumificada. Quando a vi, enlouqueci, coloquei de volta na caixa e liguei imediatamente para a polícia”, afirmou o rapaz em entrevista ao canal norte-americano KSDK.

O Departamento de Polícia de St Louis afirmou que uma investigação foi aberta e que essa é considerada uma “morte suspeita”. O cadáver deve passar por uma autópsia.

Segundo Adam, que tem uma irmã mais velha de 41 anos, as histórias do passado da mãe dele sempre foram desencontradas. Quando ele tinha oito anos, ouviu a mãe desabafar que estava triste porque aquele seria o dia de aniversário de 21 anos da irmã dele, filha mais velha dela, Jennifer. O rapaz suspeita de que o corpo encontrado no freezer tenha relação com a “irmã desaparecida”.

“Mesmo quando estava no leito de morte, ela nunca me disse o que tinha naquela caixa. Isso é o que me faz pensar que talvez ela tenha feito algo com aquele bebê e tenha mantido segredo para não ter nenhum problema”, afirmou Adam.

Veja também