“Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela” Efésios 5:25

Com informações Fala Deus 15 de janeiro de 2017

15-01-2014vejagospel10Uma reflexão restauradora

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,

Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.

Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.

Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;

Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.

Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne.
Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.

Efésios 5:25-33

Em Gênesis 2:18 vemos uma declaração interessante feita por Deus: “não é bom que o homem esteja só“. Logo em seguida, Deus apresenta sua solução para o problema que ele apontou, o fato de não ser bom que o homem estivesse só: “far-lhe-ei uma ajudadora que se encaixe nele”, ou seja, alguém que o ajude e o complete. Logo em seguida vemos a narrativa de Deus fazendo aquilo que ele disse que faria:

E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.

Gênesis 2:22-24

Note um detalhe: quando Deus cria o home, ele diz “façamos o homem à nossa semelhança”. Está no plural. Entretanto, quando Deus cria a mulher, ele diz “far-lhe-ei”, está no singular. Para entender esse pequeno detalhe é que entra a explicação de Paulo em Efésios 5:25-33.

Antes de explorarmos o texto, vamos ver o que está acontecendo hoje em dia, com os relacionamentos. Complicado, não é mesmo? As pessoas estão se isolando cada vez mais em si mesmas, preferindo a companhia de outras pessoas apenas no mundo virtual, nas redes sociais. Vejo jovens o tempo todo, e até de forma irritante, com seus smartphones nas mãos, teclando e postando no facebook, instagram, tweeter. E no mundo real, cada vez mais isolados e solitários. Você está ali, ao lado deles, querendo conversar, interagir e eles respondem enquanto teclam suas postagens, quando respondem. Os relacionamentos estão esquisitos. E a coisa está ficando cada vez pior.

Casais estão se separando, muitas vezes por motivos banais. A grande verdade é que um já não está mais disposto a completar o outro. É como se fosse bom que o homem estivesse só. Mas não é. E vemos as doenças da alma que cada vez afligem mais e mais pessoas – depressão, tristeza crônica, apatia, vício em drogas (que é uma fuga da realidade), vício em trabalho (que também é uma fuga da realidade), e por aí vai…

Eu fico imaginando uma luminária, um abajur. Qual seria o propósito dessa luminária à noite, se a tomada não estivesse conectada à rede de energia? A rede de energia é a “ajudadora idônea” da luminária. Sem uma, a outra não funciona. As duas se completam.

Voltemos ao texto de Efésios. Vejamos o que Paulo fala no versículo 32: Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

O casamento é, então, instituído como uma figura daquilo que estaria por vir, conforme é confirmado no livro de Apocalipse:

Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.
Apocalipse 19:7

Lá em Gênesis Deus já estava sinalizando o que aconteceria em Apocalipse. O casamento é utilizado então para ilustrar a relação de Deus com o homem. Por isso é que vemos a passagem de Gênesis 2:18 no singular – Adão era uma figura de Cristo. Deus formou Adão da terra e lhe soprou do Seu Espírito. Quem recebeu o Espírito de Deus foi Adão. Eva foi extraída dos ossos de Adão.

Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.
Efésios 5:30

Eva recebeu o Espírito de Deus por meio de Adão. Como figura da Igreja, recebemos o Espírito de Deus quando recebemos a Cristo como único Senhor e Salvador de nossas vidas. Passamos então a ser membros do seu corpo, da sua carne e dos seus ossos. Toda vez que participamos da mesa do Senhor, a Ceia, entramos em comunhão com sua carne e seu sangue.:

Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão;
E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.
Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.

1 Coríntios 11:23-26

A Igreja é a ajudadora de Cristo, que se encaixa perfeitamente nEle. Como é isso? Qual é o papel da ajudadora? Obviamente, ajudar. Ajudar em quê? Pense nisso, qual é o seu papel como corpo de Cristo? Estabelecer o Reino de Deus. Como o fazemos? Obedecendo à sua Palavra. Vivendo a vida que Ele planejou para nós, para sermos santos e irrepreensíveis. Mas, o que está acontecendo hoje com a Igreja?

Veja o que está escrito no livro de Oséias:

Palavra do SENHOR, que foi dirigida a Oséias, filho de Beeri, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias, reis de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel.
O princípio da palavra do Senhor por meio de Oséias. Disse, pois, o Senhor a Oséias: Vai, toma uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição; porque a terra certamente se prostitui, desviando-se do Senhor.

Oséias 1:1-2

Deus, por meio de Oséias, estava mostrando como ele se sentia com relação a Israel. E veja como termina essa relação:

E Deus disse: Põe-lhe o nome de Lo-Ami; porque vós não sois meu povo, nem eu serei vosso Deus.
Oséias 1:9

Entretanto, logo em seguida vemos uma promessa tremenda:

Todavia o número dos filhos de Israel será como a areia do mar, que não pode medir-se nem contar-se; e acontecerá que no lugar onde se lhes dizia: Vós não sois meu povo, se lhes dirá: Vós sois filhos do Deus vivo.
E os filhos de Judá e os filhos de Israel juntos se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça, e subirão da terra; porque grande será o dia de Jizreel.

Oséias 1:10-11

Deus está se referindo à Igreja de Cristo, a noiva que deve se apresentar imaculada e irrepreensível.

Recapitulando: Deus faz o homem, utilizando a terra como matéria-prima, à sua imagem e semelhança e lhe sopra do Seu Espírito. Depois Deus extrai um osso do homem (costela) e forma a sua ajudadora, que se encaixa perfeitamente a ele, porque não era bom que o homem estivesse só. Por meio dessa união nascem filhos e filhas e a ordem de crescer e se multiplicar sobre a terra é cumprida.

Paulo vem e mostra que esse mistério refere-se a Cristo e sua Igreja. E aí vemos uma ordem intrigante (o verbo está no imperativo) em Efésios 5:25 – Maridos, AMAI vossas mulheres. Espera um pouco, e essa ideia romântica de que o amor bate no coração e zap, você começa a amar alguém? Se Paulo está mandando os maridos amarem as esposas, isso é um sinal que amar outra pessoa é uma decisão. Depende de querermos. Essa história de “acabou o amor” não existe, é conversa fiada. E aí Paulo explica como o homem deve amar sua esposa: como Cristo amou a IGREJA e a si mesmo se ENTREGOU por ela.

Fala sério, olhando para a Igreja hoje, imaginando uma cena impossível, somente para efeito de tentarmos entender melhor o quadro, mas por um décimo de segundo, imagine que você é Deus. Você amaria essa Igreja? Não estou me referindo à Igreja que você frequenta, estou me referindo à Igreja como sendo as pessoas que, no mundo inteiro, se reúnem em nome de Jesus. Uma Igreja que se deixou contaminar pelo mundo, que está desesperadamente apegada ao sistema que governa o mundo e está olhando fixamente para o próprio umbigo, buscando por bênçãos, bênçãos e mais bênçãos. Extremamente preocupada com as coisas materiais, com o ego inflado. Enquanto isso, os órfãos e as viúvas estão desassisitidos, lançados à própria sorte. Enquanto isso, milhões vão perecendo, indo para o inferno, sem esperança, porque não há quem lhes anuncie a boa notícia do Evangelho. Enquanto isso, milhões continuam cativos, presos à drogas, ao álcool, a uma vidinha medíocre, sem propósito. Enquanto isso, os cegos continuam sem enxergar. Até quando?

Vemos todo esse quadro refletido no relacionamento entre o homem e a mulher nos nossos dias. Dentro das igrejas mesmo, casais se separando ou vivendo juntos, porém separados. Maridos, amai vossas mulheres. Ou seja, tomem a decisão de, a despeito de qualquer coisa, amar suas mulheres como vocês amam a si mesmos. Estamos vivendo um tempo onde as pessoas não se aceitam como são, não se toleram. Como podemos amar outra pessoa, se não nos amamos a nós mesmos?

Mas Deus resolveu amar o homem, a despeito de toda a maldade, inclinação ao pecado, amor às coisas do mundo. Vemos uma tremenda declaração de amor em João 3:16: “Porque Deus AMOU o MUNDO (as pessoas que estão neste mundo) de TAL MANEIRA que DEU seu FILHO UNIGÊNITO, para que TODO aquele que NELE CRÊ NÃO PEREÇA, mas TENHA A VIDA ETERNA.

A partir do momento que Efésios 5:25 se tornar uma realidade, veremos o reflexo desse relacionamento transformado na Igreja como um todo e a partir daí veremos mudanças reais. Aí então poderemos nos alegrar quando chegar o momento narrado em Apocalipse 19:7: as bodas (o casamento) do Cordeiro.

Comece a mudança dentro da sua casa. Não espere que sua esposa mude, mude você primeiro sua atitude. Decida amar. Respeite-a. Trate-a bem. Seja amável. Dirija-lhe palavras doces. Não grite nem seja intolerante. Dialogue. Surpreenda-a. Dê-lhe seu apoio. A partir daí você verá mudanças da parte dela também, porque toda ação provoca uma reação. Não é bom que o homem esteja só.

Comentários

O Portal VejaGospel.Net informa aos seus leitores que não se responsabiliza pelas consequências jurídicas sobre as opiniões divulgadas nos campos de comentários, e que as postagens de conteúdo ofensivos serão excluídos da página.