Goleiro Bruno terá que usar tornozeleira eletrônica até durante os jogos, decide juiz

Após várias repercussões envolvendo o regime semiaberto do atual goleiro do Rio Branco Futeboll Clube (RBFC), Bruno Fernandes, o titular da Vara de Execuções Penais, Hugo Torquato, deu seguimento ao pedido do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e decidiu que o famoso terá que usar tornozeleira eletrônica.

A decisão se deu a partir do pedido do Promotor de Justiça Tales Tranin.

Bruno terá que usar a tornozeleira até durante os jogos. Para o contrário, sua defesa terá que provar que é impossível ele participar da partida com o equipamento.

Bruno participará do jogo em que o RBFC vai enfrentar o Plácido de Castro, na próxima quarta-feira.

Fonte: ContilNet

Veja também