Gladson diz que recadastramento biométrico visa afastar servidores irregulares

Na manhã desta sexta-feira (27), o governador Gladson Cameli (Progressistas) esteve presente na última edição do Fale com o Governador do ano, na Rádio Aldeia FM. Na ocasião, o gestor falou sobre as medidas tomadas para desligar funcionários fantasmas e destacou que o recadastramento biométrico vai ajudar a identificar servidores que não atuam no Estado.

“O recadastramento biométrico é para servidores públicos que recebem e não estão no Acre. Por isso, eu resolvi fazer isso”, declarou.

O recadastramento biométrico teve início em agosto deste ano e passa a ser feito anualmente, sempre de forma presencial. A medida irá possibilitar a atualização dos dados cadastrais e funcionais dos servidores. As informações serão lançadas na folha de pagamento e no sistema estadual de gestão de pessoas. Posteriormente servirão de base para a implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

De acordo com o gestor, o que mais lhe deixa triste é a desvalorização salarial dos servidores do Acre. “Eu preciso alinhar as contas e valorizar os servidores”, explicou.

Fonte: ContilNet

Veja também