Gasolina e diesel amanhecem mais caros nesta quinta em todo país

A Petrobrás majorou, nesta quarta-feira (18), o preço dos combustíveis. A gasolina e o diesel tiveram – respectivamente – alta em média de 3,5 % e 4,2 %. Os novos preços começam a ser praticados a partir da manhã desta quinta-feira (19), em todo o país.

O aumento contrariou informações da própria empresa, divulgada dois dias atrás, sobre o acompanhamento da variação do preço do petróleo no mercado internacional e que não faria ajuste de forma imediata nos preços dos combustíveis.

O presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer na noite de segunda-feira (16), em entrevista à TV Record, que a Petrobras não iria ajustar os preços Ele contou ter conversado pouco antes com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e informou que, “como é algo atípico, ele não deve mexer no preço do combustível”. A declaração de Bolsonaro, segundo fontes, causou desconforto na direção da estatal.

Em seguida, a estatal enviou comunicado ao mercado informando que “decidiu por acompanhar a variação do mercado nos próximos dias e não fazer um ajuste de forma imediata”, ressaltando ainda que não há periodicidade pré-definida de reajustes. Na terça-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que “petróleo quem resolve é a Petrobras”.

O último reajuste no preço da gasolina ocorreu no dia 05 de setembro. Em agosto, foram outros três avanços. No caso do diesel, foram três avanços desde o início de agosto. O último ocorreu na última sexta-feira. Ou seja, o diesel tem a segunda alta em seis dias.

Fonte: ContilNet

LEIA TAMBÉM:
>Aposentadoria? Padre Fábio de Melo fala sobre pausa na carreira

PUBLICIDADE

Veja também