Visitas íntimas e familiares estão suspensas nos presídios do Acre após sinalização de rebelião

O Conselho Gestor do Sistema Integrado de Segurança Pública (CONSISP) resolveu nesta sexta-feira, 28, suspender as visitas íntimas e familiares em todos os presídios do Estado. Atualmente o Estado conta com 10 unidade prisionais espalhadas na capital e interior e quase 7 mil detentos, incluindo os que são monitorados por tornozeleira.

De acordo com um documento ao qual o ac24horas teve acesso, a decisão leva em conta os últimos episódios envolvendo a guerra entre as facções criminosas Bonde dos 13 e Comando Vermelho que nesta semana travaram uma guerra com ocorrência de invasão no bairro Hélio Melo, mais conhecido como Sapolândia, e também de confrontos no Calafate.

O Serviço de Inteligência Penitenciário também sinalizou pela possibilidade de ocorrerem uma série de rebeliões nas unidades e para manter a ordem o Iapen, em decisão conjunta com a Secretaria de Segurança Pública, Polícia Civil e MIlitar decidiram por suspender as visitas por tempo indeterminado.

Fonte: Ac 24 horas

Veja também