Após separação, Eduardo Costa volta a falar do assunto, entrega verdadeiro motivo do fim e expõe vício

Um dos mais famosos cantores da música sertaneja voltou a causar polêmica. Após terminar seu noivado com a modelo Victória Villarim, isso depois de alguns boatos de traição por parte do cantor, Eduardo Costa veio à público esclarecer todo o caso. Além de falar do antigo relacionamento, o sertanejo ainda revelou um duro vício, o qual é para lá de estranho.

Em conversa com o TV Fama, Eduardo Costa alegou ser viciado em mulheres: “No meu último um ano e meio eu entrei em abstinência feminina. De verdade! Como todos nós temos nossos vícios, eu sou um viciado em mulher. E eu não quero mais trair ninguém. Ser infiel com ninguém. Maltratar o coração. Eu não quero isso para a minha filha, para a minha irmã”.

Após essa revelação para lá de inusitada, ele falou sobre a ex-noiva, Victória Villarim e entrou real motivo do fim do noivado. “A Victória é um divisor de águas para mim. Foi uma das mulheres mais especiais que eu tive oportunidade de conhecer. E para não frustrar os sonhos dela eu resolvi abdicar do amor dela”, contou Eduardo Costa.

No depoimento ele afirmou ainda que a fase de garanhão já passou e agora ele se encontrava em mais centrado e maduro. “Ela me conheceu como o Eduardo Costa garanhão, pegador. Só que ela esqueceu que eu já não sou mais aquele cara. Que eu continuo gostando de mulher, mas eu não quero mais ter isso. Hoje eu to querendo viver um outro tipo de vida. Ser mais centrado. E às vezes a mulher não entende isso e começa uma cobrança que você não tem condição de explicar. Por isso resolvi polpá-la”.

Para quem não sabe, os dois estavam prestes a selar o matrimônio, uma vez, que Eduardo Costa já havia pedido a mão da modelo em casamento.No entanto, após inúmeros boatos de traição, o casal não aguentou e acabou por terminar.

Veja também