Bolsonaro rechaça candidatura de Huck e o chama de “pau mandado da Globo”

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) posicionou-se sobre a possibilidade de o apresentador Luciano Huck candidatar-se à presidência nas eleições de 2022. De acordo com o político, os brasileiros não votariam em um candidato que teria por trás um grupo de mídia como a Globo.

“Luciano Huck diz que eu sou o último capítulo do caos, porque ele é candidato a presidente, já se anuncia. Não tenho nada contra isso, mas eu, logicamente, quando ele falou isso, fui ver as suas atividades no BNDES“, disse.

A menção se deu por conta do empréstimo feito por Huck, em 2013, junto ao banco, para a compra de um jatinho particular da Embraer, no valor de R$ 17,7 milhões. Os juros do empréstimo foram de 3% ao ano, com 114 meses de amortização para o pagamento.

“Aí alguém acha que o povo vai votar em um pau mandado da Globo, não vai. Mas não estamos aqui fazendo campanha, ele tem o direito de ser candidato“, reiterou o presidente a respeito do marido de Angélica.

Veja também