Bolsonaro cai em casa e é internado às pressas no Hospital das Forças Armadas

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada, por volta das 21 horas (23 em Brasilia), no Hospital das Forças Armadas, no setor militar da Asa Sul, com suspeitas de fraturas. Ele foi vítima de uma queda, minutos antes, na residência oficial da Presidência, o Palácio da Alvorada.

Não há maiores informações do acidente nem sobre a gravidade. A agenda da manhã desta segunda-feira (23) do presidente, mostra, inclusive com imagens, um satisfeito Jair Bolsonaro passeando e pilotando uma moto nos arredores do Palácio presidencial.

A semana que passou foi a pior para Bolsonaro desde que ele assumiu a presidência da República, às véspera de completar um ano. Foi a semana em que o Ministério Público do Rio de Janeiro desencadeou uma operação para investigar o filho mais velho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Sem-Partido-RJ), seu assessor Fabrício Queiroz, a ex-mulher do presidente e vários assessores no esquema chamado de “rachadinga”. O MP acusa o senador de ter lavado, através de uma loja de chocolate em Copacabana, do qual é sócio, e em aquisições de imóveis, mais de R$ 2 milhões cuja origem de recursos seriam parte dos salarios de assessores ao tempo em que ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio Janeiro.

Foi na mesma semana em que, em Brasília, falou -se abertamente da possibilidade de prisão do senador Flávio ser autorizada Supremo Tribu sl Federal (STF) por causa do esquema das “rachadinhas”. Foi também a semana em que falou-se ainda, e também de forma aberta, da possibilidade de prisão do vereador Carlos Bolsonaro por suspeita de envolvimento com os milicianos que executaram a vereadora Mariela Franco e do motorista Anderson.

E esta semana, que está só começando, se inicia com a notícia da queda do presidente. Pelo menos fisicamente. Os santos do general Mourão, o vice que anda calado, sumido e quieto, parecem que são fortes e estão querendo trazer à história um novo Itamar Franco.

Fonte: ContilNet

Veja também